domingo, 11 de junho de 2017

Dicas para um Fondue muito especial!!!!!!!



                                  Dia 12 de junho, o dia mais romântico do ano, Dia dos Namorados, o dia que todos comemoram o amor (nossa!!!, já estou entrando no clima, rsrsrs). Engraçado que alguns momentos são propícios para o romance e "Fondue" tem todo clima para vc comemorar a data. Pensando nisso, resolvi fazer um teste com as possibilidades de se fazer um Fondue do modo tradicional ou do modo moderno sem perder o charme do momento.
                                   Conforme a foto acima, vc vai ver que temos a base de fondue tradicional e uma panela elétrica de Fondue da Mondial. A tradicional, vc mesmo esta vendo na foto, ainda estava preparando o fogo para ai sim iniciar o fondue, agora a panela elétrica foi só colocar o óleo e ligar o aparelho para começar a esquentar. Eu sei que existe todo o charme da panela tradicional de Fondue, mas certas modernidade não só facilitam como também no resultado final deixa o prato mais gostoso. Ok!!! Vc já deve ter percebido que a panela elétrica da Mondial "venceu" o comparativo com a panela tradicional. Foi muito mais rápido, mais seguro e a panela elétrica da Mondial tem todo seu charme conforme vc mesmo esta vendo na foto. Preparei um jantar para 10 pessoas e todos concordaram da facilidade da panela elétrica. Sendo assim, se a sua duvida era se vale a pena ter uma panela elétrica da Mondial, a DeliciousbyMari da o seu "Ok!!!".
                                    Para dar mais um charme no Fondue, preparei tabuas de frios e queijos para dar uma incrementada e fiz alguns molhos, acho que o "charme" do Fondue são os molhos para realçar os sabores do Fondue de Carne. E para harmonizar o Fondue, coloquei 3 sugestões de vinhos que vc encontra na Grand Cru

                                                                                                                                                        Molhos para Fondue:

Molho Ranch

2 colheres de sopa de maionese
1 colher de sopa de creme de leite ( use o de lata, já sem o soro)
1/4 colher de chá de cebola em pó
1/4 colher de chá de alho em pó
1 colher de chá de cebolinha picada
1 colher de chá de salsinha picada
1/2 colher de chá de pimenta do reino (pode colocar menos se não quiser tão picante)
uma pitada de sal

Molho Rosé

2 colheres de sopa de maionese
2 colheres de sopa de creme de leite (use o da lata sem soro)
1 colher de sopa de ketchup
1 colher de sobremesa de conhaque
sal á gosto
pimenta do reino à gosto

Molho Tártaro

2 gemas de ovo cozido e amassado com garfo
2 colheres de sopa de maionese
1 colher de sobremesa de suco de limão
2 picles de pepino picadinho bem pequeno
(amo esse molho)

Molho de Limão Siciliano

2 colheres de sopa de maionese
2 colheres de sopa de creme de leite (use o da lata sem soro)
raspas de limão siciliano
1 colher de sobremesa de Endro picado bem pequeno
1 colher de sobremesa de suco de limão siciliano
sal á gosto
pimenta do reino à gosto

Chutney de Manga

1 manga grande e madura em cubinhos
1 colher (sopa) de açúcar
1/2 cebola pequena bem picadinha
1 fio de óleo de canola
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de vinagre de vinho branco
pitada de pimenta dedo de moça picadinha (sem semente)
canela em pau
sal e pimenta do reino a gosto

Essa é a mais trabalhosa, pois tem que ir ao fogo, mas também amei.
Em uma panela despeje um fio de óleo e refogue a cebola, adicione 1 colher de açúcar para caramelizar. Após, adicione a canela em pau, dedo de moça, a manga,  misture bem e acrescente o vinagre. Tempere com sal e pimenta e deixe apurar uns 10 minutinhos. Acrescente mais 2 colheres de açúcar e deixe apurar mais 5 minutos.


A Grand Cru fez uma seleção de vinhos especialmente para esse momento. Sempre em suas lojas tem um sommelier preparado para identificar as melhores opções de harmonizações. Começamos com uma tábua de frios e o Bouchard Bourgogne Blanc La Vignee. Ao contrário da maioria dos Chardonnays da Borgonha, que trazem a mineralidade como forte marca registrada, este é mais frutado do que mineral. Os aromas delicados de flores brancas se misturam às frutas, como pêssego, maçã verde e um toque de casca de limão. O paladar traz a típica acidez refrescante dos brancos da Borgonha. Fiquei apaixonada por esse Chardonnays.

                  O segundo vinho que abrimos foi o Mazzei Poggio Badiola Rosso Toscana. Produzido no coração da região de Chianti Classico, este vinho combina a sutileza da Sangiovese com a estrutura e maciez da Merlot. Os aromas de cerejas negras, violetas e baunilha são envolvidos por notas tostadas e minerais. Em boca, amarenas (cerejas amargas) e framboesas são mergulhadas em chocolate amargo e se misturam a ervas aromáticas secas. Os taninos são finos e a acidez é daquelas de dar água na boca. Perfeito para o momento em que começamos a degustar as carnes.






E nosso terceiro vinho da noite, Escorihuela Gascon Syrah Malbec 2014. Aroma delicado de especiarias, proveniente da uva Syrah, mesclada com a intensa característica frutada do Malbec. Encorpado com taninos macios e final longo e persistente. Não se pode deixar de conhecer esse vinho. Ele fechou com chave de ouro nosso encontro. Abrimos essa garrafa e colocamos um fondue de queijo para harmonizar. Uma combinação incrível.







                                        Como não podia deixar de ter... queijos e frios... Afinal fondue e queijo e frios... ahh... foi uma noite perfeita.  Gosto muito de usar os produtos da Allfood Importadora . Eles fatiam os frios "muito finos". Adoro isso, dá uma delicadeza ao paladar. Usei 3 tipos de frios que recomendo muito.  O Presunto Cru Figueiras de charcutaria Portuguesa, o Salame Andaluz, que é rico em páprica (adoro) e com leve toque de especiarias, e não poderia deixar de ter a Mortadela Bologna com Pistache. Queijos, usei o Ementhal e Brie. Quem acompanha nosso IG deve ter visto o Pão com Brie maravilhoso que fiz. Gente, #pornfood de nível, rsrsrs  




                                        Como eu fiz??? Vc pega um pão Italiano, corta a tampa, retira o miolo, passe uma mistura de azeite, sal e tempero verde dentro da cavidade feita.  Tira a casca do Brie, na parte que fica para cima (usei o Paysan Breton que é francês da região da Normandia), tampa o pão. Embala o pão em papel alumínio e coloca em forno a 220 graus por 30 minuto.Vc vai ter um delicado fondue de Brie, feito totalmente dentro do pão. Ficou sensacional. e depois ainda vai comendo as laterais do pão que estão cheias de sabor. Isso acompanhado de vinho, vc vai ter uma noite incrível.

                                         Essas são nossas dicas Delicious para que vc tenha um dia dos namorados muito especial. Ou para curtir o inverno. Beijos e até a próxima postagem.



Nenhum comentário:

Postar um comentário