terça-feira, 8 de outubro de 2013

Aprendendo a fazer geléias, ou gelée como é chamada na frança....

                  Geléias, sou apaixonada desde sempre... tenho recordações da minha infância... observando/vendo minha Avó preparando suas geléias de Damasco, cozinhava por muito tempo em panelas enormes exalando seu perfume por toda a casa. Lembro que esperava a hora que esfriasse (ansiosa) para comer com torradas, simplesmente "Delicious"... risos...
                    A mais ou menos 2 anos... tive a oportunidade de provar uma geléia que abalou cada "neurotransmissor" da minha memória, as geléias da Mathilda... fantásticas!!! Em uma das vezes que fui buscar pães e novidades (adoro "coisinhas" novas) na Bolangerie Marie Madaleine aqui em São Paulo, me deparei com essas geléias translúcidas, maravilhosas em cores vibrantes que fazem vc querer abrir todos os potes para ver se são tão gostosas quanto bonitas. E são!!!! Já comi todos os sabores e adorei, minha filha é fã convicta. Depois disso não conseguia pensar em outra geléia. Então veio a idéia de misturar geléias com bolo, eu gosto... é europeu demais para você?? Experimente e veja que casamento fantástico.....Desde então escrevo para Mathilda geléias pedindo para aprender e cobrando o seu curso... Finalmente veio a oportunidade. A Mathilda resolveu abrir/dar cursos... Mon Dieu...
                      Lá fui... em busca de mais/novos conhecimentos e descobri um mundo encantador... A dona dessa indústria artesanal, sim suas geléias são todas confeccionadas da maneira tradicional, (posso dizer que isso é amor em todas as suas letras). Primeiro partimos para o teórico onde descobri que na França todo mundo "faz" as suas geléias... que são dadas como presente aos amigos mais íntimos. Aí me senti francesa, pois no final do ano passado... "fiz" para dar as minhas amigas queridas, e agora vou poder fazer com a qualidade francesa!!!!! Tive toda a explicação do que é uma gelée e uma confiture, uma gelée (geléia) deve ser tão translúcida que vc consegue ler um jornal através dela, é assim que os franceses definem uma boa gelée...  vc estrai o melhor da fruta "o sumo todo" e vira uma geléia maravilhosa e uma confiture já possui os pedaços da frutas. Aprendi os dois métodos, pois adoro as duas maneiras.
                              Tudo feito de maneira artesanal, existe amor em cada pedaço, acredito que é uma doação, pois sua dona escolhe os melhores ingredientes, e não aceita baixar a qualidade do seu produto. Sua geléia não possui conservantes, nem pectina ...tudo feito da maneira tradicional, que até você pode fazer na sua casa.
Enquanto olhava essa panela borbulhar me sentia uma criança.... Feliz!
Todos os potes são completados com um pedaço de baunilha para dar mais sabor, e acreditem sozinha essa geléia é fantástica, imagina com a baunilha.
Verdadeiro favos de néctar de maça com baunilha e agora eu posso presentar as minhas amigas!!!!!!!
 
Se você ficou "com agua na boca" é quer aprender, como eu quis, procure a Mathilda e agende sua aula, já vou lhe avisando, você vai se encantar e vibrar com suas histórias e com sua origem francesa... não vejo a hora de aprender novos sabores. Beijos e até a próxima.

6 comentários:

  1. Nossa, que blog gostoso! Esse post foi delicado e doce. Moro em Brasília mas com certeza quando for à São Paulo vou tentar agendar um encontro com Mathilda.
    Um beijo e obrigada pela dica e pelas receitas!

    ResponderExcluir
  2. Fernanda obrigada por nos acompanhar, siga nossa página no face onde coloco vários tutoriais culinários!!!! https://www.facebook.com/deliciousbymari

    Beijos Mari

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Fiz o curdo da eduk com a proprietária do Mathilda. Fui fazer essa Gelée de Maçã Verde e favas de baunilha mas achei que ficou extremamente doce. Impossível de presentear alguém ou comercializar rsrs O que será que fiz errado?

    ResponderExcluir
  5. Fiz o curdo da eduk com a proprietária do Mathilda. Fui fazer essa Gelée de Maçã Verde e favas de baunilha mas achei que ficou extremamente doce. Impossível de presentear alguém ou comercializar rsrs O que será que fiz errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo a geléia sem pectina é realmente mais doce. Vc pode também diminuir um pouco o açúcar e deixar um pouco mais no fogo. Também gosto menos doce. Sempre. Faço muito de framboesa, e uso suco de limão, que ajuda a aumentar a melhorar a consistência e corta a doçura.

      Excluir